sábado, 26 de janeiro de 2013

Nas caminhadas de uma vida fetichista,

percebi que...

ao final, não estou escolho, sou escolhida.

a cada dia que passa não vejo - nem quero - separar o submisso do ser humano.
(Salve MestreRicardo!)

não quero que se esqueçam de que tenho sentimentos e desejos, pois é...sou humana também.

 não quero mais me forçar a nada. É muito pesado aceitar a projeção, as expectativas dos outros!

HOJE não tenho desejo de procurar, apenas quero me entregar ao curso das águas e fechar os olhos.

domingo, 13 de janeiro de 2013

O Tempo

Eclesiastes 3


Para tudo há uma ocasião, e um tempo para cada propósito debaixo do céu:
 
tempo de nascer e tempo de morrer, tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou,
 
tempo de matar e tempo de curar, tempo de derrubar e tempo de construir,
 
tempo de chorar e tempo de rir, tempo de prantear e tempo de dançar,
 
tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las, tempo de abraçar e tempo de se conter,
 
tempo de procurar e tempo de desistir, tempo de guardar e tempo de lançar fora,
 
tempo de rasgar e tempo de costurar, tempo de calar e tempo de falar,
 
tempo de amar e tempo de odiar, tempo de lutar e tempo de viver em paz.
 
 

Fast Food, Fast Love

Só tenho hoje um questionamento para expor:

Conhecer o outro e conquistar confiança requer tempo...
QUEM será que tem disponibilidade para isso em tempos de "fast food, fast love"?

é a pergunta que não quer calar!


Qual a sua disposição hoje para isso?!